A Secretaria da Agricultura e Reforma Agrária dá início, nesta quinta e sexta-feira (5 e 6) ao projeto Seagri Itinerante, quando todo o gabinete da secretaria estará funcionando em Barreiras, com o secretário Roberto Muniz e sua equipe despachando com os produtores da região. A fase inicial do projeto teve início nesta terça-feira (3) e vai até quarta (4), e consiste em reuniões dos técnicos da secretaria com as lideranças das várias cadeias produtivas para detectar os problemas e dificuldades, e debater com os produtores as possíveis soluções.

Além de debater as questões com os produtores, a Seagri vai também anunciar novas medidas que serão executadas na região. Na área de defesa sanitária animal, coordenada pela Agência de Defesa Agropecuária da Bahia, será assinada ordem de serviço para implantação de duas barreiras sanitárias nos municípios de Formosa do Rio Preto e Santa Rita de Cássia. Também será firmado protocolo de cooperação técnica entre a Bahia e Piauí, com o objetivo de uniformizar a capacitação técnica e o treinamento utilizado pelo dois estados.

O Projeto Seagri Itinerante tem o objetivo de conhecer de perto as dificuldades de cada região produtora da Bahia e fazer com que o produtor sinta mais de perto a presença do Estado. A ação será iniciada pela Região Oeste, que representa 60% da área plantada de grãos do Estado. O secretário Roberto Muniz assegura que o objetivo da Seagri e leva ao projeto a todo o Estado.

Defesa agropecuária

A região Oeste, principal produtora de soja e algodão do Estado, será beneficiada com várias ações na área de defesa agropecuária. Na área de defesa vegetal, será divulgada a regulamentação da Lei de Defesa Sanitária Vegetal. O decreto assinado pelo governador Jaques Wagner regulamenta a implementação do conjunto de programas, projetos, atividades de fiscalização, inspeção, medidas de prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais, como também assegura a sanidade das cadeias produtivas.

A VI Etapa do Programa de Manejo Estratégico de Ferrugem Asiática da Soja será lançado na região durante a Seagri Itinerante, com a divulgação da portaria n° 59, de 29 de janeiro de 2009, que torna obrigatório o cadastro de propriedades produtoras de soja no estado.

Para o Projeto Fitossanitário do Algodão, será assinado termo de cessão de equipamentos, pelo Fundo para o Desenvolvimento do Agronegócio do Algodão (Fundeagro), Seagri e Adab. Será também inaugurado o Posto Fixo de Fiscalização, na rodovia Barreias/Luís Eduardo Magalhães, financiado pela Fundeagro e instalado com o apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Já na área de inspeção de produtos de origem agropecuária, será assinada ordem de serviço para implantação de unidades de resfriamento de leite nos municípios de Muquém do São Francisco, Angical e Wanderley.