Oito dos 64 presos que fugiram da carceragem do Complexo Policial da Baixa do Fiscal na madrugada desta quarta-feira (4) já foram recapturados e outros quatro retornaram espontaneamente. A polícia intensifica as buscas para localizar e prender os que ainda se encontram foragidos.

Anselmo Passos Santos, Jaques Dias Mota Júnior e Wagner Cruz Albergaria foram recapturados logo após a fuga, no início da manhã, na região da Baixa do Fiscal. Momentos depois, agentes da DRFR localizaram Paulo César de Jesus Oliveira na estação rodoviária de Salvador, quando ele tentava embarcar num ônibus para o interior.

No início da tarde, a polícia prendeu Jonas dos Santos Teles e Érico de Souza Pinto na invasão ‘Buraco da Gia’, em Brotas. Jorge Renato dos Santos Garcia e Tiago Carmo dos Santos foram localizados no bairro da Caixa D’Água e conduzidos de volta para o complexo policial, que além de abrigar a DRFR, a Dreof (Delegacia de Repressão a Estelionato e outras Fraudes) e o GERRC (Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos), custodia os presos da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV).

Por volta de meio-dia, Luciano Reis do Espírito Santo desistiu da fuga e se apresentou na sede da DRFR, em companhia do pai, bem como Ramon Dantas Americano. Outros dois custodiados, Maurício Aquino Santos Filho e Moisés Magalhães Pinheiro, também retornaram espontaneamente ao Complexo Policial.

O delegado Antônio Cláudio Pereira Oliveira, titular da DRFR, solicitou à Corregedoria da Polícia Civil que apure se houve negligência dos policiais que estavam de plantão, no momento em que os presos quebraram oito cadeados de celas, utilizando barras de ferro, e fugiram. “Enquanto um agente dormia, outros seis assistiam televisão e todos garantem não terem percebido qualquer movimentação estanha no local”, assinala.