Dando prosseguimento a uma série de ações que busca fomentar a aqüicultura e melhorar a vida dos pescadores e marisqueiras no estado, a Bahia Pesca, órgão vinculado à Secretaria da Agricultura, está desenvolvendo um projeto que tem como objetivo central reformar e proporcionar condições decentes de trabalho dentro das colônias de pescadores. A colônia é o lugar onde os pescadores e marisqueiras trabalham, recebem visitas dos clientes e se organizam para defenderem direitos e conquistas.

A Colônia de Conceição, no município de Vera Cruz foi o primeiro beneficiário do projeto, que tem um investimento total na ordem de R$ 60 mil e que até o fim de junho ainda reformará as colônias de Ilha de Maré e Baiacu, em Vera Cruz; Salina das Margaridas, Amoeira e Caixa Prego, no município de Itaparica, e a Colônia de Pescadores de Saubara. “O projeto é de grande importância, pois beneficiará cerca de oito mil pescadores. Além de reestruturar completamente a colônia, reformaremos também os faróis de iluminação”, afirma Aderbal de Castro, presidente da empresa.

O projeto conta com o apoio da Federação de Pescadores da Bahia, entidade que representa os pescadores e que, no caso da reforma, executa, com recursos do projeto, a contratação da mão-de-obra, que no caso, é indicada pelos próprios pescadores, o que gera renda para a comunidade.