Trabalhar a preservação como desenvolvimento sustentável é o objetivo de um convênio de cooperação técnica assinado pelo Governo do Estado, Fundação France Libertés, Worldwatch Institute (WWI) e Universidade Livre da Mata Atlântica (Uma).  "As madeiras oriundas de floresta nativa são a matriz energética dos micros e pequenos empresários, por isso temos que nos aproximar desta realidade e compreender os seus dramas”, afirmou o secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Juliano Matos.

O convênio foi assinado após o lançamento do projeto "Ufba Ecológica", uma iniciativa da Universidade Federal da Bahia, na última segunda-feira (2), no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb). O "Ufba Ecológica" tem o objetivo de disseminar o conceito de consumo consciente, para a consolidação de uma consciência ambiental na sociedade.