A Associação Brasileira de Antropologia (ABA), a mais antiga das associações científicas existentes no país na área das Ciências Sociais, está promovendo, até esta quarta-feira (4), a 26ª Reunião de Antropologia, com o tema Desigualdade na diversidade. A reunião acontece, desde o último domingo (1º), em Porto Seguro.

A pesquisadora Celene Fonseca, da Uneb, apresenta o trabalho "Indiodescendência: fundamentando o conceito". Também participam pela Uneb os pesquisadores José Augusto Sampaio, coordenador do Grupo de Trabalho (GT) "Os quilombos para além dos laudos – conflitos, organização e políticas", e Sandra Simone Pacheco, coordenadora do GT "Saberes e práticas da alimentação: desigualdade, diversidade e identidade".