LOCAL: Comando do 2º Distrito Naval.
DATA: 11.06.07 (quarta-feira)
HORÁRIO: 10h

O QUE É: Cerimônia Militar em comemoração do 143º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

EVENTO: Integra a programação de comemoração dos 143 anos da Batalha Naval do Riachuelo. Na oportunidade, serão entregues à autoridades civis e militares medalhas de condecoração da “Ordem do Mérito Naval”, “Militar” e “Mérito Marinheiro”. A Marinha programou diversas atividades por todo o Brasil para homenagear a data, considerada magna. Na Bahia, além da solenidade militar, acontecerá a XXV Corrida Rústica Riachuelo, a cerimônia no monumento aos Mortos da Guerra do Paraguai e a exposição "A Nossa Marinha". Neste ano, a Marinha do Brasil também comemora o bicentenário de criação do Corpo de Fuzileiros Navais.

PROGRAMAÇÃO: Após a chegada do Governador em exercício do Estado, Marcelo Nilo, que passará revista à tropa, haverá o canto do Hino Nacional, leitura da mensagem do Presidente da República e da Ordem-do-Dia do Comandante da Marinha. Serão hasteados os Sinais de Barroso no mastro principal, seguido dos toques da Vitória e de Comandante-em-Chefe e da salva de 17 tiros. Ao final da cerimônia, a tropa desfilará em continência ao Governador em exercício do Estado da Bahia.

CERIMÔNIA: A Associação Comercial da Bahia fará uma homenagem à Marinha do Brasil. O presidente da entidade, Eduardo Moraes de Castro, e o comandante do 2º Distrito Naval, Vice-Almirante Fernando Eduardo Studart Wiemer, depositarão flores no monumento aos Mortos da Guerra do Paraguai, na Praça Riachuelo (antiga praça Conde dos Arcos), às 8h30.

CORRIDA: Terá largada às 8h, no Farol da Barra, com chegada marcada para o mesmo local. A corrida terá um percurso de 10 quilômetros, faz parte do Circuito de Corridas Rústicas da Capital e conta com o apoio da Federação Baiana de Atletismo (FBA).

HISTÓRICO: A batalha travada no Rio Paraná, com o objetivo de frear a carreira armamentista do Paraguai em busca da hegemonia continental sul-americana, em 1865, nas proximidades do riacho Riachuelo, veio a se constituir no fator decisivo para a vitória da Tríplice Aliança, formada pelo Império do Brasil, República Oriental do Uruguai e Confederação Argentina.