Os primeiros passos do projeto MobilizaSUS, que propõe a articulação dos diversos setores que compõem a política do controle social no Sistema Único de Saúde (SUS), foram dados na noite da última terça-feira (15), no Hotel Vilamar, durante a abertura do 1º Encontro para a Formação de Articuladores de Educação Permanente para o Controle Social no SUS, iniciativa da Secretaria da Saúde do Estado, através da superintendência de Recursos Humanos/diretoria de Gestão da Educação e do Trabalho na Saúde (DGETS).

Na oportunidade, o superintendente de Atenção Integral à Saúde da Sesab, Alfredo Boa Sorte, representando o secretário da Saúde, Jorge Solla, falou sobre a importância da articulação intersetorial para a efetivação do direito humano à saúde, expresso como dever do Estado, mas que só será efetivado com a participação da comunidade nos processos decisórios das políticas de saúde.

Reunindo mais de 100 participantes, o encontro prossegue até sexta-feira (18), com a proposta de ampliar o diálogo com a sociedade, estimulando a co-responsabilidade social em defesa do SUS, em busca do exercício de uma gestão participativa na elaboração e execução de políticas públicas de saúde no estado da Bahia.

Até a próxima sexta-feira, serão enfocados temas como ”, SUS e o Controle Social, Protagonismo juvenil como educação para a participação. Será também exibido o filme Políticas de Saúde no Brasil: um século de luta pelo direito à saúde, distribuído pelo Ministério da Saúde.