Convênios assinados nesta quarta-feira (23) entre a Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac) e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) vão possibilitar a instalação de dois Centros Digitais de Cidadania (CDCs). Os CDCs vão atender adolescentes internos das Comunidades de Atendimento Socioeducativo (Cases) de Salvador e Feira de Santana.

Nos espaços, jovens que cometeram infrações e cumprem medidas socioeducativas determinadas pela Justiça, participarão de cursos de informática e receberão noções de internet e cidadania. Os CDCs têm o objetivo de levar às comunidades o acesso às tecnologias da comunicação e informação oferecendo um conjunto de programas e softwares, além de serviços e nas áreas de educação ambiental e de geração de trabalho e renda. Cada centro, orçado em R$ 45 mil, é equipado com 10 computadores, impressora e outros equipamentos.

Além de atender os internos das Cases, os Centros Digitais de Cidadania serão abertos à população, podendo desenvolver projetos e oficinas para alunos e professores de escolas públicas, idosos e pessoas com deficiência.

A previsão da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) é instalar os Centros de Inclusão ainda este semestre. No momento, está sendo feita a adequação dos espaços que receberão os equipamentos. O próximo passo é capacitar os gestores e monitores que vão atuar no centro.