A importância de atingir a meta de vacinar 100% do rebanho bovino e bubalino do estado contra febre aftosa, que representa uma barreira social e econômica para a comercialização da carne, é o tema de uma palestra que lança oficialmente a primeira etapa da campanha de vacinação contra a doença.
Iniciada há poucos instantes, no auditório da Fundação Luis Eduardo Magalhães (Centro Administrativo da Bahia), A palestra é ministrada por Antenor Nogueira, que além de pecuarista é presidente do Fórum Nacional Permanente de Pecuária de Corte da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).