Mais de mil famílias de Nazaré, a 216 quilômetros de Salvador, serão beneficiadas com o convênio firmado, nesta segunda-feira (25), na Câmara de Vereadores, entre a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes) e a associação de pescadores e marisqueiras do município.

Os recursos, na ordem R$ 57,2 mil, vão viabilizar a aquisição de cinco embarcações motorizadas, acessórios, 1,2 mil metros de rede e acompanhamento técnico. O investimento possibilitará melhores condições de trabalho e incremento na renda dos pescadores, que até então sofriam com dificuldades de transporte, precisando alugar barcos, canoas e equipamentos. A ação será viabilizada por meio do Projeto Pescando Renda.

“O governo está investindo em políticas públicas voltadas para a população mais pobre, buscando dar oportunidades às pessoas e diminuir as desigualdades sociais. Esse convênio vai proporcionar qualidade de vida e auto-estima aos pescadores, que ganharão mais autonomia, melhorando o gerenciamento do trabalho”, disse o secretário Valmir Assunção.

O presidente da associação, Pedro da Silva, afirmou que, pela primeira vez, os pescadores recebem apoio do estado. “Esse projeto estava arquivado na secretaria, foi revisto e agora saiu do papel. Isso vai ajudar o pescador no sustento da família”, salientou.