De hoje (22) a domingo (23), às 20h, está em cartaz na sala do Coro do Teatro Alves a peça “Zona Contaminada”. Primeiro musical rock baiano, “Zona Contaminada” é baseado em texto de Caio Fernando de Abreu, que utiliza várias metáforas para refletir a respeito de inúmeras questões relacionadas à existência humana, partindo do ponto de vista que pessoas são excluídas da sociedade pelo fato de ser ou estarem diferente.

Aliado aos pensamentos do autor, o diretor Antônio Marques inseriu canções de Cazuza, interpretadas ao vivo pelos próprios atores, para tocar em questões relevantes no que diz respeito às escolhas individuais e aos modos de vida adotados por cada indivíduo.

A história mostra o mundo depois de uma grande contaminação, onde só resta escombros e destroços. Tudo está destruído e todos são controlados pelo Poder Central, que é a força dominante e controladora do mundo, observando todas e quaisquer movimentações. Tudo isso porque seu objetivo é capturar Carmem e Beth, conhecidas por todos como as irmãs sisters, as únicas mulheres não contaminadas no planeta. Ele acredita que o cruzamento de algum contaminado com uma das sisters, resultará na cura da tal contaminação, pelo fato terem seus úteros em perfeito estado.

O Ingresso (inteira) custa R$ 20,00.