Foi assinado ontem (7) protocolo de intenções para a realização de ações integradas entre o governo da Bahia e o Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul (Ides). A solenidade aconteceu na sede da Secretaria da Agricultura (Seagri), no Centro Administrativo, com a presença do secretário Geraldo Simões e do presidente do Ides, Jarbas de Araújo Filho.

A área de abrangência dos trabalhos é o território de identidade do Baixo Sul, especificamente nos municípios de Cairu, Camamu, Ibirapitanga, Igrapiúna, Ituberá, Nilo Peçanha, Piraí do Norte e Tancredo Neves. Boa parte desse território está na Área de Proteção Ambiental do Pratigi, o que exige a observância de normas específicas que regem a gestão territorial e ambiental da APA.

A Seagri definirá um servidor para atuar como interlocutor do Ides dentro da sua estrutura, facilitando o acesso a dirigentes e providenciando tudo o que for necessário para que as ações obtenham êxito. O objetivo é formular políticas e implementar ações que propiciem o desenvolvimento socioeconômico das populações residentes no Baixo Sul, aproveitando os recursos provenientes de royalties da prospecção e exploração de petróleo na região.