A Superintendência de Recursos Hídricos (SRH) está promovendo hoje (22), no auditório do Parque Deputado Paulo Jackson (Embasa – Rio Vermelho), das 10 às 17h, uma reunião com vários segmentos e comunidades tradicionais para a elaboração final da Carta pelas Águas. O documento será apresentado na Conferência Estadual do Meio Ambiente e servirá como diretriz para a implementação de políticas públicas pelas águas.

A Carta pelas Águas está sendo elaborada a partir das discussões com quilombolas, indígenas, povos do campo, pescadores e marisqueiras, comunidades de terreiro, e com mulheres, crianças, empresários e juventude durante os Encontros pelas Águas. Os encontros forma promovidos de agosto a novembro do ano passado, em diferentes bacias hidrográficas, pela SRH. De cada um deles saiu uma carta com as demandas das comunidades tradicionais e demais segmentos sobre as águas de sua região. Também foram escolhidos os representantes que compõem o Conselho de Acompanhamento e Aplicabilidade das Cartas, instituído, via portaria, pela SRH, no Diário Oficial.

Além de fazer os últimos ajustes no documento, os membros do Conselho irão assistir a uma apresentação do diretor-geral da SRH, Julio Rocha, sobre o Sistema Estadual de Gerenciamento de Recursos Hídricos. O coordenador da Comissão Nacional para o Desenvolvimento Sustentável de Povos e Comunidades Tradicionais do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Aderbal Costa Filho, irá apresentar a Polícia Nacional para o Desenvolvimento Sustentável de Povos e Comunidades Tradicionais.