O Planserv já está adotando uma forma mais rápida, segura e eficiente para autorização de exames ambulatoriais clínicos. Com a implantação do projeto Autorização 100% web, as solicitações de exames estão sendo feitas através de um sistema totalmente eletrônico, via internet. Agora, quando o médico solicita um exame ambulatorial clínico o beneficiário vai diretamente à clínica ou hospital referenciado de sua preferência, onde entrega a guia preenchida pelo médico. Em seguida, o prestador transforma a solicitação num cadastro de atendimento e o encaminha eletronicamente para o Planserv autorizar. O retorno da autorização para o prestador, também por meio eletrônico, é feito de acordo com regras e parâmetros pré-estabelecidos.
Uma das maiores vantagens desse novo sistema é que o acompanhamento da autorização pode ser feito no site www.planserv.ba.gov.br (basta acessar o link beneficiário e clicar na opção situação da autorização). O projeto Autorização 100% web inclui procedimentos como ressonância magnética e tomografia computadorizada e outros pré-autorizados, que são realizados em nível ambulatorial eletivo e que não necessitam de materiais e medicamentos.
O novo sistema está sendo apresentado à rede de prestadores de modo a ser implantado em todas as unidades referenciadas da capital e do interior do Estado. Ontem (10) à tarde, mais um grupo de 30 prestadores puderam esclarecer suas dúvidas a respeito do novo projeto durante encontro realizado no auditório principal do Centro de Atenção à Saúde Prof. Dr. José Maria de Magalhães Netto, localizado na Avenida ACM, Iguatemi.
Na abertura do evento, João Batista Aslan, coordenador-adjunto do Planserv, assegurou que essa nova sistemática trará benefícios para usuários da assistência, prestadores e também para o Planserv. “Todos saem ganhando”, disse Aslan. “Os beneficiários vão contar com um serviço mais ágil; os prestadores terão acesso a um sistema mais seguro e melhor estruturado, e o Planserv vai poder redimensionar a sua estrutura e padronizar as rotinas”, completou Luis Henrique Guimarães Brandão, coordenador de Gestão de Relacionamento com os Beneficiários e Prestadores de Saúde.
Confiança
Ao final do encontro, os representantes dos prestadores demonstraram confiança no novo sistema de autorização. “O Planserv vem registrando avanços importantes. Esta é mais uma iniciativa que certamente vai qualificar e facilitar o acesso dos beneficiários aos serviços de saúde”, afirmou Marília Almeida, funcionária da Clínica Sonnar.
Marinalda Silva, da Coordenação de Atendimento e Faturamento da Clínica Ultrassom Serviço concorda com Marília e acrescentou: “Gostei de ficar sabendo que o Planserv está empenhado em reduzir cada vez mais os prazos para autorização de exames”.
Segundo Murilo Mendonça de Aguiar, coordenador de Gestão de Sistemas Informatizados do Planserv, com a implantação desse novo sistema de autorização, o beneficiário não precisará mais entrar em contato com o Planserv através da Central de Marcação de Exames (CME). Quando for necessária uma análise mais aprofundada, o prestador deverá acompanhar e verificar o resultado final no sistema. Os casos de maior urgência e que precisam de assistência mais rápida em função da gravidade serão autorizados de forma imediata.
“O encaminhamento eletrônico dos dados será feito por operadores que conhecem a realidade de cada unidade de saúde, o que reduzirá problemas que aconteciam freqüentemente, como falta de nitidez e outras ineficiências do processo de envio através de fax. O resultado será a maior rapidez no atendimento ao beneficiário”, afirma Murilo Mendonça de Aguiar.
Embora o projeto seja auto-explicativo, o Planserv distribuirá entre os prestadores um manual que orienta detalhadamente cada passo para a alimentação do sistema e efetivação da autorização dos procedimentos. Em caso de dúvidas, a unidade de saúde deve entrar em contato com o Planserv através da Coordenação de Autorização.